A Importância do Gerenciamento de Riscos em Projetos

Logo Site

Há pouco tempo o PMI lançou a credencial em Certificação de Risco (PMI-RMP). Mas porque o PMI – Project Management Institute –  lançou esta credencial? O Gerenciamento de Riscos é um dos pontos mais importantes em projetos, pois o time consegue ver com antecedência os possíveis problemas, adequando o Plano do Projeto com os riscos identificados (chamados de Know Unknow) e, consequentemente, economizando custo e prazo. Porém, nem todos os riscos podem ser previstos. Assim, para os riscos não identificados (chamados de Unknow Unknow), será necessária uma reserva de gerenciamento, enquanto os identificados se tem uma reserva de contingência. Mesmo que não se tenha uma resposta aos riscos não identificados, o Plano elaborado em cima dos riscos identificados gera um imenso ganho em relação a custo e prazo.

O modo que cada empresa gerencia seus projetos esta diretamente relacionada ao grau de maturidade de como enxergam os benefícios do Gerenciamento de Projeto. Nada adiantará se um determinado funcionário tiver a melhor vontade do mundo em planejar o gerenciamento do risco no projeto, se a empresa não apoiá-lo e defender a idéia. O Gerenciamento de Risco do Projeto não é feito apenas pelo Gerente de Projeto e meia dúzia de pessoas, mas sim por todos os envolvidos no projeto ou aqueles que serão de alguma forma afetados. Essas pessoas e/ou organizações e entidades são chamados de Stakeholders (Partes Interessadas).

Há estudos que apontam que em projetos com um bom planejamento de Gerenciamento de Risco, existe uma redução entre 80% a 85% dos problemas, economizando tempo e dinheiro. Segundo o PMI, um projeto não pode ser estimado em relação ao seu custo e prazo sem antes terminar o Planejamento de Risco, assim como um contrato. Ainda segundo o PMI, omitindo-se o Gerenciamento de Risco, o profissional estaria sendo anti-ético.

Com as Olimpíadas de 2016, os profissionais com experiência em Gestão de Riscos serão os mais valorizados e disputados, uma vez que o Comitê Organizador dos Jogos criou uma área exclusiva para tratar apenas os riscos desse grande projeto.

Quando o Gerenciamento de Projeto entra “no sangue” das pessoas, elas aplicam isso naturalmente, inclusive na sua vida pessoal. Imagine um projeto milionário em que não haja um planejamento de risco. Como seria? Há varias ferramentas no mercado que fazem a análise quantitativa do risco, mas os softwares não os gerenciam, eles apenas sinalizam o que terá uma maior incidência e o que precisa ser feito e decido pelo Gerente de Projeto em conjunto com sua equipe e Stakeholders.

Você que trabalha com Gerenciamento de Projeto, sua empresa tem a maturidade adequada que o apoie a fazer o Gerenciamento de Risco de forma profissional e ética?

Fan Page: https://www.facebook.com/gerenciandoriscosemprojetos

Contato: rjluizg@gmail.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *