Você é Gerente de Projetos ou Bombeiro?

Bombeiro2

Nos últimos 10 anos houve um crescimento considerável de cursos de Pós Graduação cujo tema é Gerenciamento de Projetos e, também aumentou muito o número de congressos relacionados com este enfoque em todo o Brasil.

Com isso comprova-se o valor do Gerenciamento de Projetos nas empresas para obtenção de melhores resultados em termos de orçamentos e prazos, devendo ser considerado que a sua adoção propicia uma margem de desperdícios cada vez menor, além de melhorar o desempenho do negócio, tendo em vista à alta concorrência entre as empresas.

Este entendimento é válido tanto para Projetos pessoais como profissionais e o caminho a ser percorrido é investir em Planejamento, sendo que para tal precisamos de um profissional que conduza este trabalho seguindo as boas práticas de Gerenciamento de Projetos. A este agente qualificamos de Gerente de Projetos.

O Gerente de Projeto é o responsável por conduzir os esforços dos Projetos para atingir os objetivos previamente definidos no início do trabalho. Este profissional é o guardião dos objetivos do Projeto, que, na maioria das vezes, está relacionado ao orçamento, prazo, qualidade e satisfação do cliente, ou seja, ele tem que fazer acontecer, dentro das restrições, premissas estabelecidas e dentro da ética.

Mas é preciso definir: o Gerente de Projetos é realmente um Gestor de Projetos ou um “Bombeiro”?

Entretanto existem Gerentes de Projetos que consideram o Planejamento sendo apenas um cronograma que muitas das vezes foi ele mesmo que elaborou sem envolver os Stakeholders, pois estes profissionais tem como função o levantamento dos requisitos, dos recursos para execução das atividades. E se acontecerem alguns problemas, o que irá ocorrer? Provavelmente este Gerente irá tentar resolver os problemas na medida em que forem surgindo, e daí o prazo e orçamento irão escoando pelo “ralo”. A este tipo de profissional chamamos de “Bombeiro”, uma vez que ele passará praticamente todo o Projeto apagando “incêndios”.

Na realidade todas as pessoas realizam atividades diárias e por isso somos todos Gerentes de Projetos de nossas vidas. Mas como fazer para que alcancemos nossos objetivos? Não temos como fugir do Planejamento. Quando alguém é convidado para uma festa em um local desconhecido, o que a pessoa normalmente faz? Ela deverá se informar se o local tem estacionamento, e de como fazer para chegar lá. Só assim tomará a decisão de ir de carro ou pegar um taxi. Há ainda o caso do motorista resolver ingerir alguma bebida alcoólica, devendo assim decidir ir de taxi.

Com este exemplo observamos que a pessoa nada mais fez do que se planejar e, muitas das vezes, nem percebeu que estava realizando um Planejamento. Devido à decisão de pegar um taxi pelo desejo de tomar algumas cervejas, ele simplesmente fez uma Análise de Risco, eliminando o perigo de ser parado na blitz da Leia Seca e perder a habilitação e pagar multa.

Entretanto se esta mesma pessoa não se informasse previamente de como chegar ao local, indo de carro confiando no GPS e este o levasse para um local de perigo? Ou ainda, não fosse rastreado pelo GPS o local da festa? E se na volta fosse parado na blitz da Lei Seca tendo bebido na festa? Por esta razão é que este Gerente de Projetos é o que chamamos de “Bombeiro” uma vez que ele não se planejou e não previu os Riscos que poderiam ocorrer, e preferindo ficar apagando os “incêndios” da vida.

Seja na nossa rotina diária ou na profissão precisamos de um bom Planejamento para não atuarmos como “Bombeiros” de nossas vidas. Sejamos então Gerentes de Projetos, proporcionando, deste modo que os objetivos sejam alcançados.

Assim sendo, você é um Gerente de Projetos ou “Bombeiro”?

Fan Page: https://www.facebook.com/gerenciandoriscosemprojetos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *